Brasileiro de 18 anos é condenado a ficar 3 anos em reformatório

Publicado em 20/05/2024
Por Redação
O jovem foi condenado por saquear casas afetadas pelo terremoto em Ishikawa, segundo o juiz ele é influenciado facilmente por comportamentos criminosos

Um jovem brasileiro residente em Iwakura (Aichi), acusado de invadir casas em Wajima (Ishikawa), junto com outros jovens, foi condenado pelo Tribunal de Família de Nagoia (Aichi) a ficar 3 anos em um reformatório.

De acordo com as reportagens da Chuo TV e do Jornal Chunichi, o trio saqueou casas afetadas pelo forte terremoto ocorrido em 1º de janeiro deste ano na província de Ishikawa e furtaram itens no valor de 65.000 ienes, incluindo anéis e conhaque, no dia 5 de janeiro.

Desde a ocorrência do terremoto, os moradores dessas casas estavam dormindo em abrigos públicos.

O brasileiro de 18 anos, foi preso em março junto com um japonês de 19 anos, residente em Nagoia, e uma chinesa de 16 anos, sem endereço fixo. As reportagens não informaram o que aconteceu com os outros dois envolvidos.

Em sua decisçao, o juiz MAsahiro Tanaka, falou sobre a personalidade do brasileiro, o que foi decisivo para envia-lo ao reformatório.

“Considerando sua personalidade propensa a seguir o comportamento de indivíduos criminosos e o ambiente ao seu redor, a necessidade de proteção não é baixa”, declarou.

Foto: Reprodução/CTV

Sugestão de leitura

+Mais Japão Todos direitos reservados